terça-feira, 21 de outubro de 2008

- À Meia-luz -

Óleo sobre tela - 20 x 30 cm - 2006
Clique na imagem para ampliá-la
Após passar um tempo fazendo alguns trabalhos seguidos sobre flores (que devo postar por aqui qualquer dia), eu já estava cansado e louco pra partir pra outro tema. Como já tinha comentado no post "Flora", o tema não me seduz talvez por causa do modismo ou algo do tipo, então decidi que da série das flores eu iria para a série das mulheres, também como forma de treinar a pintura de pele, de expressões, etc, além de ser um tema desafiador e que me agrada. Não me lembro direito da ordem como pintei esta série, mas acredito que este tenha sido o primeiro. A série é composta por quatro telas.


A pintura mostra a personagem num meio-perfil iluminada parcialmente por uma luz indireta, fazendo como se o espectador fosse um admirador sorrateiro, que a observa sem ser notado. A personagem foi inventada, o que me causou algum problema pois surgiu a necessidade de alguma referência para observar pequenos detalhes. Tive que me virar do jeito que foi possível e no final, deu tudo certo, ainda que (pra variar) eu tenha me frustrado por não ter pintado numa tela maior. Mas o resultado foi muito bom.

Muitas vezes no nosso dia-a-dia flagramos cenas muito bonitas que apesar de simples e rotineiras, são dignas de uma pintura. Nem sempre têmos sorte de captar essas cenas ou lembrar de todos os detalhes, mas quando conseguimos retratá-las, percebemos claramente que a maioria das pessoas não prestam atenção para as coisas belas que nos cercam e ainda assim, continuamos nossa vida sem notar, apressados e distraídos.


Licença Creative Commons
À Meia Luz de Eduardo Cambuí Junior é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Vedada a criação de obras derivativas 3.0 Unported.

5 comentários:

  1. O resultado está ÓTIMO! Demais mesmo, parabéns, amigo!!!Bjsss
    Eu me considero uma detalhista do dia a dia, mesmo com um cotidiano um pouco agitado...

    ResponderExcluir
  2. Malcriado, ficar tentando lembrar como são os detalhes físicos das mulheres é dá um pouco de trabalho, por isso, acho que deveríamos passar um comunicado as belas musas, para que pousassem para nós, para não termos que ficar quebrando a cabeça, que tal?

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Às vezes nos concentramos demais com o que está ao alcance dos olhos.

    Sem dúvida a pressa e a distração são capazes de enganar os sentidos...
    mas tu consegues dá formas próprias às imagens que teus olhos captam.

    Aplausos pela bela imagem!...


    (a)braços,flores,girassóis :)

    ResponderExcluir
  4. Oi, amigo;
    Esta sua obra está divina! De todas as que fez, julgo esta a mais bem sucedida. Não que não goste das outras, mas é que esta parece um enigma. O olhar é um enigma.
    Parabéns.
    Um beijo,
    Renata

    ResponderExcluir
  5. Querido amigo:
    Pus esta sua linda obra no meu novo post. Vá conferir e banquetear-se.
    Um beijo,
    Renata

    ResponderExcluir

Seu comentário será sempre bem-vindo. Assim que for possível, eu retorno!