segunda-feira, 25 de maio de 2009

- Jovem posando -

Giz de Cera - Tamanho A4 - 2006

Este é mais um dos vários trabalhos em giz de cera que fiz nesse período. Apesar de parecer um material simples, o resultado que podemos obter é muito interessante porque nos ajuda muito a entender melhor a composição das cores numa cena. Para esboços de pinturas é uma opção e tanta, principalmente considerando o seu custo, que é muito baixo.



O desenho é de uma jovem, como se ela estivesse posando para uma fotografia. A modelo na verdade foi inventada e por isso, o resultado surpreendeu e foi muito bom porque nem sempre personagens inventados saem da forma como esperamos. A expressão do rosto é marcante, com olhos brilhantes e uma boca sensual. O grande problema de conseguir modelos para desenhos e pinturas numa cidade pequena do interior é que sempre tem aquele clima de malícia na mente das pessoas, que acham que tudo não passa de conversa furada nossa e, algumas vezes, vão pensando em outras coisas mesmo... então o jeito é inventar. É claro que o convite para alguém posar pra uma pintura não é feito para qualquer pessoa na rua... geralmente é alguém conhecido e que de uma forma ou de outra, se encaixa no trabalho que têmos em mente.

O grande problema quando se trata de modelos amadores para pinturas é que há muitos clichês na consciência popular. Através de anos de influência da TV e do cinema, muitas pessoas criam uma imagem fantasiosa de como seria um trabalho assim, como também entra em jogo o estranho desejo de se ver retratada. É claro que nas capitais, existe as modelos profissionais que cobram altos preços por hora, que por sinal, nem sei se é mais tão fácil encontrá-las, afinal, hoje há diversas outras opções para isso, inclusive virtual como já havia tratado aqui mesmo no blog anteriormente.

Mas enfim, o trabalho saiu muito bom e conseguiu inclusive superar as minhas expectativas iniciais, o que para o artista é algo perfeito.


Licença Creative Commons
Jovem Posando de Eduardo Cambuí Junior é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Vedada a criação de obras derivativas 3.0 Unported.

9 comentários:

  1. E saiu muito bom mesmo, Edu. E tudo veio da sua mente. Pintar sem modelo deve ser muito difícil, o artista tem de imaginar tudo: o formato do rosto, o formato e a cor dos olhos, o olhar, que é algo muito importante e, no caso, é muito sensual, o nariz, a boca, cujo resultado foi brilhante, formando, com o olhar, um rosto muito sensual, o queixo, enfim, tudo.
    Meus parabéns! Vc é um artista completo, o que vem a seguir é só aperfeiçoamento.
    Beijos,
    Renata
    PS: Recebeu meu e-mail de conclame à paz? Então, apareça!

    ResponderExcluir
  2. Olá "sumido"! Faz uns 10 dias que te enviei um
    e-mail com umas pinturas incríveis e até hoje,
    nenhuma resposta. Será que não recebeste? Gostaria que me confirmasses...
    A "pose" dessa jovem está muito interessante, bem sedutora, hein!?
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Edu:
    Postei no GALERIA. Posso por essa obra sua lá? Vou pôr, se não puder, me avisa. O filme é uma comédia com final surpreendente. Você também se surpreenderá com o tamanho do post, bem menor do que os anteriores, e só com algo mais a ler: um poema meu.
    Conto com você.
    Um abraço,
    Renata

    ResponderExcluir
  4. Respondendo:

    Cirandeira: E aí, Maria!! Não sumi, não... é a loucura da vida moderna que encurta o nosso tempo!(rs). Sobre o seu e-mail, realmente eu não recebi... deve ter acontecido alguma coisa! Valeu pelas palavras... Bjão!

    Renata: Oi Rê! Realmente não é nada fácil fazer desenhos de personagens imaginados, porque qualquer mínimo erro é facilmente percebido por todos, já que estamos muito familiarizados com as proporções humanas (afinal, vêmos gente todos os dias!). E sobre a imagem, pode pegar, sem problema nenhum! Bjão!!!

    ResponderExcluir
  5. Pois é, tá vendo o que é esquecer das "velhas" amigas?Rsss...eu nem reclamos mais!
    O que eu sei é que sempre devemos copiar mesmo os bons mestres naquela fase inicial do aprendizado, depois a inspiração junto à transpiração, como dizia Picasso, fazem o resto.
    Curte aí seu varandão, Edu!!!Bjss

    ResponderExcluir
  6. Tô aqui, te seguindo!
    Agora, não me escapas!!!Rsss

    ResponderExcluir
  7. Oi, Edu! Preciso de uma obra sua para pôr no meu novo post do Galeria sobre um filme acerca dos Borgia. O post tem pouco texto. Além do filme, só o meu poema. O restante são imagens. Há réplicas de algumas obras de Alma-Tadema.
    Conto com você.
    Um abraço,
    Renata
    PS: Vou procurar uma, ok?

    ResponderExcluir
  8. Publiquei "Outro Futuro". Vá conferir. Eu o espero.
    Beijos,

    ResponderExcluir
  9. Respondendo:

    Vanuza: E aí! Não esqueci, não... é que minha vida anda muito corrida e fazendo um monte de coisas ao mesmo tempo, acabo visitando menos a galera também! A idéia é conhecer os grandes mestres e buscar o caminho próprio mesmo... mas é duro!!!

    PS: É um prazer você me seguindo!!! rss

    Renata: E aí, Rê! Tudo bem... quando quiser, é só pegar! Bjão!

    PS: Depois passo por lá!

    ResponderExcluir

Seu comentário será sempre bem-vindo. Assim que for possível, eu retorno!