segunda-feira, 3 de agosto de 2009

- Sofrê -

Óleo sobre tela – 40x40 - 2005
Clique na imagem para ampliá-la
Quando montei o blog "Arte por Parte" com os meus trabalhos em pintura e desenho, no fundo eu sabia que em determinado momento eu teria alguma dificuldade na publicação de alguns trabalhos, não pelo fator "quantidade", mas pelo fato de que eu não tenho as imagens de todas as minhas obras. Muitas delas foram vendidas ou presenteadas sem que eu fizesse um registro fotográfico delas e de uns dias pra cá resolvi fotografar pouco a pouco aquelas que eu ainda não tinha no meu arquivo... infelizmente, alguns destes trabalhos (e alguns deles, muito bons) vai ficar muito difícil para fotografar por estarem em outras cidades ou estados. Não sei dizer agora quantos são estes trabalhos que ainda não tenho fotografado, mas é bastante. Mas vamos nos virando com o que temos na mão. O trabalho de hoje foi um dos quais eu ainda não tinha registrado.



Em 2005, eu tinha uma idéia fixa na cabeça de algum tempo em pintar animais, principalmente os que vivem no habitat daqui de Macaúbas. Ao longo dos anos, a vida, os costumes e as curiosidades do mundo animal foi (e ainda continua sendo) muito útil para nós humanos em diversos aspectos e isto sempre me fascinou, como a ecolocalização dos morcegos e golfinhos que serviram como base para a criação do radar, do sonar e dos aparelhos de ultrasonografia. Como minha origem é urbana (nasci em SP), meus conhecimentos em questão de animais foi mais teórica, mas sempre estive muito familiarizado graças à uma coleção de livros antigos do meu pai sobre a vida animal, muito famosa na época, chamada “Os Bichos”, na qual eu devorava cada volume com prazer.

Decidi então que faria uma série sobre a fauna brasileira, mais precisamente sobre aves, composta por umas três telas. A primeira delas é esta que retrata o “Sofrê”, um passarinho que era muito comum na região da Chapada Diamantina, mas que hoje infelizmente está ficando cada vez mais difícil de encontrar. Aqui ainda têmos o privilégio de ter a cidade encravada num vale onde é possível encontrar alguns animais, mas com o crescimento rápido da cidade, isto também vai mudando um pouco de figura.

As cores deste pássaro são bem vivas, em laranja de cromo, preto e branco, e isso fez com que, na pintura, o personagem se destacasse na tela, sobre um fundo com predomínio do verde recriando o clima selvagem do seu habitat. De fato, ficou muito bom pelo realismo que transmite a imagem. Esta tela acabou sendo presenteada para um primo meu.


Licença Creative Commons
Sofrê de Eduardo Cambuí Junior é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Vedada a criação de obras derivativas 3.0 Unported.

4 comentários:

  1. O seu "Sofrê" é lindo, querido Edu! Pena que as coisas se perdem e quando nos damos conta não conseguimos localizar todas. Ainda bem que vc localizou e fotografou esta para partilhá-la conosco. Obrigada!
    Meu pai tem "Os Bichos" até hj. Meio avariada, porque os netos adoram!
    Beijos,
    Renata

    ResponderExcluir
  2. Está lindo o teu "sofrê", Edu. Mais uma das jóias guardadas guardadas na tua "arca do tesouro", hein?! Sorte nossa de podermos apreciá-las!
    Bjão

    ResponderExcluir
  3. Respondendo:

    Renata: Obrigado, Rê! Os que estão mais fáceis, estou fotografando todas e em breve estarão por aqui! Essa coleção "Os Bichos" fez um sucessão... pena que não relançam!

    Cirandeira: Olááá!! Então... se eu tivesse uma câmera com aquelas super lentes de aumento, eu tiraria várias fotos dos animais que eu vejo por aqui, principalmente pássaros.
    Bjão!

    ResponderExcluir
  4. Encantada...só consigo dizer isso, Edu. Você leu meus pensamentos, pode crer!Rs.
    EU AMO PÁSSAROS!
    Nessa semana mesmo comecei a fazer uma breve pesquisa sobre eles, talvez seja meu próximo post quando tudo se normalizar na Primavera.
    Um revoar de belos pássaros pra você nesse final de semana!!!Bjsss

    ResponderExcluir

Seu comentário será sempre bem-vindo. Assim que for possível, eu retorno!