segunda-feira, 10 de agosto de 2009

- Gralha Azul -

Óleo sobre tela - 40 x 40cm - 2005
Clique na imagem para ampliá-la
Esta é mais uma pintura da série sobre aves da fauna brasileira. O personagem principal desta vez é a "gralha azul". Ao contrário do "sofrê" (pássaro da última postagem), esta ave não é encontrada aqui na região. Ela é mais encontrada nas regiões do Paraná, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul (também no Paraguai). Quanto a pintura, a sua plumagem azul e preta não se destacou tanto na composição como aconteceu com o sofrê, mas a pintura ficou muito boa também. Repeti o mesmo artifício de usar o fundo verde do seu habitat, como fiz no primeiro trabalho da série.



Nesta época, eu havia começado a ministrar cursos de introdução à pintura na cidade pela APLAM - Associação dos Artistas Plásticos de Macaúbas (associação de artistas da cidade que fundei e sou presidente), e foi uma fase muito produtiva em termos de pintura para mim. O curso durava cerca de 3 meses, com aulas duas vezes por semana a um preço simbólico (R$ 35 pelo curso todo, com direito à apostila). Em cada aula prática, com uma média de 20 alunos divididos em duas turmas, eu pintava uma tela pequena de 20 x 30 cm na hora, demonstrando a técnica proposta e sorteava entre os alunos, como forma de incentivo (o que dava muito certo!). Pintei 20 telas para o curso nesta época (que muito provavelmente não serão relacionadas aqui). Posso afirmar com firmeza que, além de ter passado para os alunos as técnicas básicas e alguns macetes da pintura, aprendi e me desenvolvi muito também.

Esta série foi composta por três quadros, mas infelizmente o terceiro deles ("Garça Branca", óleo sobre tela - 30x40 cm) eu não tirei nenhuma foto e provavelmente vai ser muito difícil publicar posteriormente aqui porque este trabalho foi doado para uma pessoa muito especial, mas que não mora por perto.

O trabalho sobre a Garça branca retratava a ave no seu ambiente, sozinha numa tarde no meio de um lago. O trabalho ficou tão bom quanto o sofrê, principalmente pela luz refletida no dorso da ave, pelo efeito da água pantanosa e etc. Sobre a doação da tela, numa das aulas do curso, recebi a visita de Dona Lausinha Trindade, que é a neta do primeiro pintor de Macaúbas e para a minha surpresa, ela me revelou ser a madrinha de batismo do meu pai. Ao final da aula, ela saiu com muito boa impressão. Passado algum tempo, para surpresa ainda maior, ganhei um presente muito especial dela: um livro sobre a vida de Monet, com ilustrações. Em retribuição, a tela ficou para ela... a pena é que não deu tempo de tirar uma foto antes.


Licença Creative Commons
Gralha Azul de Eduardo Cambuí Junior é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Vedada a criação de obras derivativas 3.0 Unported.

4 comentários:

  1. Querido amigo, nunca é demais repetir que sempre que aqui venho, saio encantada! Tanto pela obra que vc apresenta, quanto pela história por trás da obra. Maravilha!
    Beijos, e o meu carinho,
    Renata

    ResponderExcluir
  2. Oi Edu, muita boa essa tua série de pinturas com pássaros. Adoro pássaros! Me dá uma sensação de liberdade, embora saiba que a vida deles é a maior dureza, têm que se virar desde cedo pela sobrevivência! E estão rodeados de predadores, seja de sua própria espécie, como também do Homem!
    Bem que gostaria de ter sido tua aluna...rrss
    Acho que tens muita facilidade para expressar-se e teu "didatismo" é muito agradável de assimilar.
    Parabéns!
    Bjão

    ResponderExcluir
  3. Estupendo!
    Simplesmente lindo!
    Vou voltar para ler e ver de novo, vai valer a pena, com certeza.
    Parabéns, amigo!!!Bjsss

    ResponderExcluir
  4. Belíssimos pássaros, tua arte é simplesmente linda, adorei o cabelo da mulher ta lindo.
    Deixo minhas desculpas pela ausência.
    Obrigada pela visita.
    Beijos,
    Cris

    ResponderExcluir

Seu comentário será sempre bem-vindo. Assim que for possível, eu retorno!