segunda-feira, 2 de junho de 2014

- Passeio - Homenagem póstuma -

O post de hoje vai ser um pouco diferente... na verdade, será uma pequena homenagem um tanto dolorida que pensei bastante se eu realmente deveria fazê-la aqui nesta página, receoso se isto não seria uma exposição desnecessária, mas enfim, depois de muita reflexão, resolvi que seria algo válido. No começo de fevereiro, publiquei aqui o post "Dan", um retrato em giz pastel que fiz de minha esposa e que, a propósito, deixou ela bastante contente na ocasião. Hoje vai um outro desenho que ilustra bem uma cena que se repetia com certa regularidade nos fins de semana, quando íamos visitar a mãe dela ou a minha mãe.

Giz pastel - 15 x 15 cm - 2013

A razão principal desta homenagem é que, num destes caprichos do destino, no último dia 12 de maio enquanto ela estava a caminho de uma cidade próxima da qual ela trabalhava, aconteceu um terrível acidente e sua vida foi bruscamente interrompida. A gente fica tentando achar alguma explicação para uma situação que, no fundo, não conseguimos porque demoramos para acreditar. O fato teve grande repercussão em Macaúbas e região e desde então, estou sendo obrigado a me acostumar (a ferro e fogo) a esta nova realidade na minha vida.

Fico por aqui neste mundo incumbido então de tomar conta do fruto de nossa união (um filho que já tinha se tornado a luz dos meus dias desde que veio a este mundo) e provavelmente, ele vai tomar conta de mim também quando for a hora... ou não! Quem pode saber o dia de amanhã? Nestes momentos, fica na boca o gosto amargo do golpe, um vazio no tempo, a sensação de que deveríamos ter feito algo para driblar a morte e não deu tempo... mas contra fatos, não há suposições e "se" não faz parte da fórmula. A única certeza da vida é a morte mesmo!

Por mais que saibamos disso, ela sempre nos surpreende quando nos encontra. Tentamos a todo custo enganá-la com mil artifícios... seja cuidar mais da saúde, evitar riscos, redobrar os cuidados, enfim, não passam de medidas que tomamos na ilusão de que somos nós os únicos responsáveis por guiar a nossa própria vida. Ingênua ilusão! Somos apenas passageiros, atores que desempenham um roteiro pré-determinado do qual não temos acesso. "Esta vida não é realmente nossa" como já dizia uma das falas chave do filme "A viagem".

Fica aqui comigo também um pouco de desgosto por não ter tido tempo suficiente para fazer tudo o que a gente tinha planejado, mas isso passa. Fica também a lembrança da pessoa que ela era, discreta, sossegada, determinada e de tantas qualidades, seja na esfera profissional como na pessoal. Para mim, era esposa, amiga, amante, crítica e também incentivadora da minha arte. A gente aceita o fato a contragosto porque não tem jeito e não adianta nadar contra a correnteza, mas ficamos aqui deste lado, carregando o fardo que nos foi dado. O que nos resta é uma saudade sem fim que dói como pontadas que surgem de tempos em tempos, mas ficam também as tantas boas lembranças de uma coleção de momentos felizes que compartilhamos com ela.

Saudades!


------------------------------------------
Pedaço de mim (Chico Buarque)
------------------------------------------
Oh, pedaço de mim
Oh, metade afastada de mim
Leva o teu olhar
Que a saudade é o pior tormento
É pior do que o esquecimento
É pior do que se entrevar

Oh, pedaço de mim
Oh, metade exilada de mim
Leva os teus sinais
Que a saudade dói como um barco
Que aos poucos descreve um arco
E evita atracar no cais

Oh, pedaço de mim
Oh, metade arrancada de mim
Leva o vulto teu
Que a saudade é o revés de um parto
A saudade é arrumar o quarto
Do filho que já morreu

Oh, pedaço de mim
Oh, metade amputada de mim
Leva o que há de ti
Que a saudade dói latejada
É assim como uma fisgada
No membro que já perdi

Oh, pedaço de mim
Oh, metade adorada de mim
Lava os olhos meus
Que a saudade é o pior castigo
E eu não quero levar comigo
A mortalha do amor

Adeus
------------------------------------------


Licença Creative Commons
"Passeio" de Eduardo Cambuí Junior está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional.

15 comentários:

  1. meu querido amigo eduardo...

    sem palavras...
    lamento o acontecido e estou ao teu lado, pois considero-te um irmão...
    quando eu estiver mais calmo, entro em contato...
    beijos no coração...

    ResponderExcluir
  2. Linda homenagem, querido! Nos momentos de tristeza, lembre que ela está olhando por vocês lá de cima, e que a dor logo se transformará em saudade, e a tristeza dará lugar as lembranças dos bons momentos que passaram juntos.
    Que Deus conforte seu coração! Bjo

    ResponderExcluir
  3. Linda homenagem Edu! sei que Deus fez dela um anjo e será seu anjo da guarda!
    Posso sentir a vibração que a imagem passa!
    Onde ela estiver ela estará feliz sempre. Que Deus conforte seu coração e todos os familiares! abraço

    ResponderExcluir
  4. Nossa.. Mano, as surpresas da vida são incalculáveis e imprevisíveis.. Desde um sorriso inesperado até a ida de alguém que amamos. Deus sabe de tudo e o por que de tudo.. Cabe a nós confiar nos planos Dele. Sacudir a poeira e continuar lutando.. Lindo Texto.. Lindo desenho e mais forte ainda muito bonito e admirável o amor que suas palavras transmitem... que Deus Fortaleça sua alma irmão!!

    ResponderExcluir
  5. Caro colega,

    Deus costuma usar o fogo, para nos ensinar a andar sobre a água. Às vezes, usa a terra, para que possamos compreender o valor do ar. Outras vezes usa a morte, quando quer nos mostrar a importância da vida.
    Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós

    Kima

    ResponderExcluir
  6. Edu meu querido, não resta dúvidas de que você é um iluminado. Essa homenagem reflete um amor tão puro que emociona quem lê. Tenho certeza de que Deus está com você e que sua querida esposa está do seu lado o tempo todo também. Força, meu querido, muita força. Um beijo no coração!

    Ginna Karla.

    ResponderExcluir
  7. Caro Edu, que Deus possa te fortalecer a cada momento de tua vida e acalmar teu coração para que você junto com seu filho sejam felizes pois no céu sempre terá uma estrela brilhando por vocês. Um forte abraço!!!

    ResponderExcluir
  8. Linda homenagem, querido! tenha certeza que qdo amamos uma pessoa ela não morre, apenas parte antes de nós,mas fica vivo dentro dos nossos corações. Que DEUS em sua infinita sabedoria, esteja cuidando dessa dor , dando-te forças para seguir adiante cuidando do fruto grandioso do amor de vcs.Um forte e fiel abraço! um bjo no coração! Aurea Maria!

    ResponderExcluir
  9. Edu, sei que não é fácil perdemos alguém que amamos, mais como vc mesmo citou que temos um destino já traçado. Infelizmente nem tudo acontece como imaginamos, só Deus para te confortar e te ajudar a superar essa grande perda e como disse nossa colega Yana transformar essa imensa dor em saudade e lembranças boas. Conte comigo um grande abraço Millena

    ResponderExcluir
  10. Edu, homenagem tão linda que mesmo sem conhecer Dan e Davi (só por fotos), me veio lágrimas nos olhos. Sei que não é fácil passar o que você está passando. A saudade é a dor mais forte que alguém pode ter, mas as boas recordações traz alívios e diminui essa dor. Que Deus te dê muita força, luz e conforte seu coração para superar tudo.

    Forte abraço!

    Rodrigo Andrade
    Santo Antonio de Jesus/BA

    ResponderExcluir
  11. Linda Homenagem!

    E lembre-se: Tudo está em movimento ininterrupto, tudo está vibrando, em qualquer plano. O amor de vocês é energia que vibrará pra sempre, se manifestará sempre nos seus frutos e depois deles... Sempre, sempre, sempre...! É dessa perspectiva que te desejo força e serenidade para que esteja inteiro para eles, por eles, por ela, pelo amor e por você.

    Denilson

    ResponderExcluir
  12. Edu, sua homenagem reflete todo carinho e amor, um sentimento puro e verdadeiro, que Deus te ilumine com muita força e fé que buscamos nele, para continuarmos essa luta diária, fique com Deus! Grande abraço Roberta.

    ResponderExcluir
  13. Linda Homenagem, Edu! Sem duvida ela está muito feliz pela pessoa que você é e foi pra ela,que Deus abençoe você,seu filho e familiares e que ele conforte seu coração! Um abraço

    ResponderExcluir
  14. Edu respondi por mail
    Tudo de bom
    Kelinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dinha é como os meus sobrinhos me tratam :)
      Para os amigos continua
      Kelinha :)

      Excluir

Seu comentário será sempre bem-vindo. Assim que for possível, eu retorno!